Camará lantana

SOBRE O ÓLEO DE CAMARÁ

Esta é uma planta que nasce espontaneamente em zonas geopáticas (áreas de intensa radiação geomagnética). Geralmente plantas que sobrevivem nestes locais sofridos do planeta, possuem uma potente força vital de reparação celular, que se manifesta em seu óleo essencial. O camará possui folhas ásperas e secas, com intuito de defesa, retenção hídrica e proteção. Ao mesmo tempo, conquista e seduz abelhas com suas lindas e românticas flores multicoloridas e perfumadas. Possui o poder de domínio em grupo, pois onde cresce tende a se sobrepor a outras plantas, ampliando-se grupalmente sobre toda a área.

É um óleo que associa propriedades úteis em cólicas, dores e inflamações1-7. É um potente regenerador celular, cicatrizante (queimaduras e cortes)5 e rejuvenescedor quando empregado em cosméticos.

Como nos florais de Minas, onde é chamado de “Lantana”, a energia do camará de expansão grupal pode ser aproveitada diluíndo (1-2%) do óleo em álcool borrifando-o sobre o local. Na oligoaromaterapia ele também pode ser empregado visando os mesmos efeitos no campo sutil. Uma boa dica é associar no borrifador ylang ylang, tangerina e camará, o que cria um perfeito sinergismo para a harmonia de grupos, trabalhando motivação, alegria, o pensar no outro, abertura, vontade de crescimento e flexibilidade. Sobre o camará temos: “Apropriado para a harmonização de grupos humanos reunidos em assembléias, congressos, locais de trabalho, escolas, hospitais, casas de detenção, creches, asilos, retiros, meditações, viagens, festas, simpósios e quadras de diversão em geral; para as situações que exigem a necessidade de equilíbrio entre as manifestações individual e coletiva, entre o saber ouvir e saber falar, ou quando o propósito grupal necessita de elevação em seu padrão vibratório. Ajuda a pessoa a captar em maior profundidade a psique do outro, criando assim um plano de maior entendimento mútuo.”

O compostos majoritários do óleo, possuem as propriedades:
beta-pineno + Sabineno 25% (solventes e úteis na drenagem linfática e problemas circulatórios)
1,8 cineol 8% (levemente expectorante)
beta cariofileno 14% (antiinflamatório, analgésico e cicatrizante)
alfa-humuleno 6% (antiinflamatório e cicatrizante – princípio ativo que na erva-balleira está em 2%!)
biciclogermacreno 2% (composto raro, citado pelo Dr. Penoel, médico frânces, como uma substância que inalada ajuda a harmonizar os hemisférios cerebrais)
(+)-Davanona 10% (antiespasmodico e antifúngico)

O camará é uma planta tóxica na fitoterapia, devido à presença de triterpenóides (lantadenos) que contudo não são destiláveis (por conterem mais de 20 carbonos) e não existem no óleo essencial, o que torna-o um produto seguro.

Textos: Fabian Laszlo

Estoque limitado, reserve o seu!

Valor R$: 92,40